Pesquisar este blog

Recebe as atualizações no seu e-mail

13 de outubro de 2013

Saiba o que faz um homem desistir do relacionamento



Cobranças
Essa é uma das piores atitudes que uma mulher pode ter com relação ao homem: viver cobrando. Muitas vezes ela nem sabe e nem tem motivos para tal, mas o vício do comportamento é tanto que ela acaba por fazê-lo automaticamente, sem contar que, muitas vezes o faz injustamente. É bom parar de cobrar aquilo que ninguém está lhe devendo. Seja compreensiva e complacente para com a pessoa que está ao seu lado. Paciência também é uma palavra mágica, mas tem que ser posta em prática.

Desconfiança
Há o grupo de mulheres que se alimentam de desconfiança. Desconfiam da própria sombra e passam a atormentar o namorado ou marido com essa atitude. Todo nome feminino que não seja o dela, soa como ameaça à sua felicidade na relação. Elas têm um julgamento estranho, um comportamento atormentador que acaba por afastar o homem, mesmo que esse goste dela. Ninguém consegue viver sufocado.

Governo do Estado do Paraná diz que professores estão (...)



Com informações da Agencia de Notícias do Paraná
Em outubro, os educadores da rede estadual terão mais a comemorar além do Dia do Professor (15). O mês marca uma conquista histórica para o magistério. Pela primeira vez a categoria terá salário de ingresso igual ao dos demais funcionários do Estado de nível técnico superior. Isso será possível com a incorporação de 3,94% na folha dos profissionais do ensino.

A diferença salarial entre as carreiras chegava a 26% e a equiparação era um dos maiores compromissos do governador Beto Richa com os professores. “A diferença era muito injusta com uma categoria profissional que merece toda a nossa atenção. A equiparação não só acaba com isso como também traz muito mais dignidade para nossos professores”, declarou Richa.

Richa lembra que desde o primeiro ano de gestão o governo começou a corrigir a diferença. “Isso significa o respeito do governo e o meu pessoal aos professores, que são fundamentais para o crescimento e o futuro do nosso Estado”, diz o governador. “Por onde passo, recebo o reconhecimento pelo esforço do nosso governo em garantir um salário mais digno e melhores condições de trabalho aos professores”.

O governador afirma que em pouco mais de dois anos o Paraná garantiu o maior ganho na remuneração do magistério do País. Com a última parcela da equiparação - de 3,94% - o aumento salarial dos professores atingirá 11,35% em 2013. Desde 2011, os reajustes somam 50,16%.

A professora de Matemática Inês Aparecida Brandão Milanês, do Colégio Estadual Maestro Andrea Nuzzi, em Cambé, comemora o fim da diferença. “Os professores se sentem mais valorizados”, diz ela, destacando que o “governador Beto Richa e o secretário da Educação, Flávio Arns, cumpriram o prometido com essa equiparação, necessária para a nossa carreira”.

Google+ Badge

Show da Tarde - Vídeos

Nós no Facebook

Tiago Prado | Promova sua página também

Veja também

 

About US