Pesquisar este blog

Recebe as atualizações no seu e-mail

28 de março de 2013

Cores de ligerie e eu passando por mal momentos



Estava eu voltando do almoço para apresentar o Show da Tarde quando me deparei com uma mulher que estava de posse duma vestimenta nada agradável aos olhos humanos, muito menos ao meu. A senhora, nos seus trinta e poucos anos, um pouco acabada pela vida, portava um sutiã roxo. De posse de tamanho mau gosto, resolvi ir as ruas e perguntar para as pessoas o que elas achavam de tal “absurdo” e qual seria uma lingerie decente.

O resultado foi o mais absurdo possível, a galera da edição teve trabalho pra escolher algo que prestasse.



Durante a gravação da “enquete” sobre cores de lingerie encontrei essa senhora que contou que era “evangélica”, não gosta de ir a bailes e que a cor preferida de lingerie é amarela. Enquanto conversávamos saiu um assunto sobre mulheres usarem roupas compridas, até por que ela gostava também. O resultado é este que se vê logo abaixo.


Quando mais rezo mais coisas estranha aparece na minha vida. Ainda durante a gravação com os caipiras no banco, essa menina ficou ali por perto, então resolvi bater um papo com ela. No meio da conversa perguntei qual era a cor das suas peças intimas, esperando levar um “chega pra lá” a guria se arrenganhou toda.




Como sofremos nessa profissão, porém tenho a certeza que quem mais sofre é o jurídico do Show da Tarde.

Google+ Badge

Show da Tarde - Vídeos

Nós no Facebook

Tiago Prado | Promova sua página também

Veja também

 

About US