Pesquisar este blog

Recebe as atualizações no seu e-mail

13 de outubro de 2013

Governo do Estado do Paraná diz que professores estão (...)




Com informações da Agencia de Notícias do Paraná
Em outubro, os educadores da rede estadual terão mais a comemorar além do Dia do Professor (15). O mês marca uma conquista histórica para o magistério. Pela primeira vez a categoria terá salário de ingresso igual ao dos demais funcionários do Estado de nível técnico superior. Isso será possível com a incorporação de 3,94% na folha dos profissionais do ensino.

A diferença salarial entre as carreiras chegava a 26% e a equiparação era um dos maiores compromissos do governador Beto Richa com os professores. “A diferença era muito injusta com uma categoria profissional que merece toda a nossa atenção. A equiparação não só acaba com isso como também traz muito mais dignidade para nossos professores”, declarou Richa.

Richa lembra que desde o primeiro ano de gestão o governo começou a corrigir a diferença. “Isso significa o respeito do governo e o meu pessoal aos professores, que são fundamentais para o crescimento e o futuro do nosso Estado”, diz o governador. “Por onde passo, recebo o reconhecimento pelo esforço do nosso governo em garantir um salário mais digno e melhores condições de trabalho aos professores”.

O governador afirma que em pouco mais de dois anos o Paraná garantiu o maior ganho na remuneração do magistério do País. Com a última parcela da equiparação - de 3,94% - o aumento salarial dos professores atingirá 11,35% em 2013. Desde 2011, os reajustes somam 50,16%.

A professora de Matemática Inês Aparecida Brandão Milanês, do Colégio Estadual Maestro Andrea Nuzzi, em Cambé, comemora o fim da diferença. “Os professores se sentem mais valorizados”, diz ela, destacando que o “governador Beto Richa e o secretário da Educação, Flávio Arns, cumpriram o prometido com essa equiparação, necessária para a nossa carreira”.

REMUNERAÇÃO - Com a equiparação, a remuneração dos professores estaduais passou a ter uma política salarial superior à federal. O salário de ingresso dos professores para jornada de 40 horas semanais é de R$ 2.237,08, mais R$ 649,24 de auxílio transporte, pagos em dinheiro e sem desconto de imposto de renda, totalizando vencimento mensal inicial de R$ 2.886,32. Atualmente, o piso nacional para a mesma jornada é de R$ 1.567,00.

Para a pedagoga Vanessa Ribeiro Leal, o governo valorizou o magistério. “A educação é uma área desafiadora, mas estamos no caminho certo. A equiparação com outras categorias é um reconhecimento que vai refletir em benefício de toda a escola”, disse Vanessa

Nadiana Fraga Cunha, professora de Língua Portuguesa, da Escola de Educação Especial Despertar, em Ribeirão do Pinhal, afirmou que a equiparação é importante do ponto de vista salarial e no reconhecimento em relação às demais categorias. “O governador Beto Richa tinha esse compromisso com os professores, e cumpriu. Contamos com ele sempre. Além disso, tivemos aumento na hora-atividade. São grandes avanços para a educação no Paraná”.

CONQUISTAS – Outra grande conquista da categoria é o aumento da hora-atividade. O período extraclasse passou de quatro para seis aulas semanais para professores com jornada de 20 horas. Desta forma, os profissionais têm mais tempo para preparar aulas, corrigir provas e planejar as atividades. “Em menos de um ano, avançamos 50% na jornada de hora-atividade”, destacou o vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns.

Outra conquista para a qualidade de vida e do trabalho dos professores é a organização e distribuição antecipada das aulas. No fim de cada ano letivo, os professores já sabem antecipadamente em qual escola irá trabalhar no ano seguinte. A distribuição antecipada de aulas garante a presença de professores em todas as salas, sem prejuízos para os alunos e famílias.

Mais de quatro mil professores foram liberados, em menos de três anos, para cursos de formação, como o Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE), Mestrado e Doutorado.

O Governo do Estado contratou profissionais aprovados em concursos que aguardavam desde 2007. Foram 17.261 servidores para a educação, em 2011 e 2012. Está em trâmite novo concurso para a contratação de mais 13.771 professores e pedagogos, o que somará em quatro anos o ingresso de 31 mil novos professores concursados na carreira do magistério.

Filled Under:

0 comentários:

Postar um comentário

Google+ Badge

Show da Tarde - Vídeos

Nós no Facebook

Tiago Prado | Promova sua página também

Veja também


 

About US