Pesquisar este blog

Recebe as atualizações no seu e-mail

15 de dezembro de 2012

Relembrando os Irmãos Batistas. E se não fossem cristão





Em virtude de coisas que andam acontecendo e eu vendo, gostaria de fazer uma pequena comparação de um fato que ocorreu comigo há alguns anos. É sobre aquele episódio no qual os “irmãos” da 1ª 
Igreja Batista de Arapongas juntamente com um pastor ungido do Espirito Santo me ameaçaram em me bater. Inclusive um irmão disse (não sei se está registrado em ata) se eu aparecesse por lá ele me daria um soco na cara.

Pois bem, tudo isso aconteceu num lugar “sagrado” e “ungido”, não sei por quem. Onde um pastor levantou a mão apara desferir um tapa em meu rosto, no pátio da “amada” igreja, e depois, dentro do templo numa reunião palavras de ordem e violência foram desferida contra mim e minha família.

Humilharam e violentaram minha mãe e irmã. Palavras de baixo calão foram usadas. Mentiras foram levantadas. Pessoas que dizem filhos de Deus e seguidores de Cristo ficaram a favor publicamente da violência e da mentira velada.


Pois bem, estou dizendo tudo isso, pois esses fatos ocorreram numa instituição “cristã”, em que a base é o amor e o perdão. Agora imaginem se fosse numa “mesquita” ou num terreiro de umbanda?


Então, antes de ficarem julgando as pessoas por religião, etnia, cor e raça, olhem seus princípios e atitudes. Olhem o que pregam.

Retomei esse caso, pois ainda não esqueci os irmãos Brazil, o turco teólogo, o irmão que é a imagem e semelhança de Cristo (irmão Garcia), o policial (aposentado) que gostava de bater em presidiário e drogado, além dos Prados (dois em especial), no qual ficaram a favor de tantas mentiras e idiotices.
Mais um ano que se vai e nada deles cumprirem a promessa de “visita”. Obrigado por serem falsos e mentirosos. A falsidade cristã baseada na violência é uma VERGONHA!

Filled Under:

0 comentários:

Postar um comentário

Google+ Badge

Show da Tarde - Vídeos

Nós no Facebook

Tiago Prado | Promova sua página também

Veja também


 

About US